Antissemitismo aumentou 235% desde o início da guerra Israel-Hamas, diz relatório

  • 31/01/2024
Antissemitismo aumentou 235% desde o início da guerra Israel-Hamas, diz relatório
Antissemitismo aumentou 235% desde o início da guerra Israel-Hamas, diz relatório (Foto: Reprodução)

O relatório anual referente ao período de 2023 a janeiro de 2024 sobre o combate ao antissemitismo, publicado pelo Ministério da Diáspora em conjunto com a Organização Sionista Mundial e a Agência Judaica, revelou um aumento significativo nos incidentes antissemitas em todo o mundo.

Segundo o relatório, durante o período de outubro a dezembro, o antissemitismo se tornou seis vezes maior, um nível recorde.

Os dados revelam que os incidentes antissemitas representam um aumento de 235%, em comparação com os números registrados nos meses de janeiro a setembro de 2023.

Geograficamente, os incidentes estão dispersos globalmente, com destaque para os EUA, que registram 43% dos incidentes relatados, seguidos pela Europa, com 35%.

O relatório também evidencia um aumento de 33% nos ataques antissemitas de natureza violenta em 2023 em comparação com o ano anterior. De acordo com as estimativas, 48% desses ataques estavam relacionados à Operação Espadas de Ferro.

Dos ataques, 46% ocorreram nos EUA. Em segundo lugar, está a Grã-Bretanha, com 16%, seguida pela Alemanha, com 9%. França e Canadá apresentaram 6% cada, enquanto a Austrália registrou 2,5%.

Ao examinar cada país individualmente, segundo o relatório, a França apresentou o maior aumento de eventos antissemitas, alcançando 1000%, seguida pelo Canadá com 800%, Austrália com 738%, Estados Unidos com 337%, e Alemanha com 320%.

‘Maior desde a década de 1930’

O Ministro dos Assuntos da Diáspora, Amichai Chikli, afirmou: "Este ano foi diferente de qualquer outro. O ódio a Israel em todo o mundo é o mais severo desde a década de 1930 do século anterior."

"Os judeus de todo o Ocidente se sentem inseguros. Os judeus que falam hebraico são espancados no metrô das capitais da Europa. Os judeus que carregam bandeiras [israelenses] nas ruas são assassinados”.

"As observações antissemitas mais severas são feitas pela Autoridade Palestina. A nossa principal recomendação é passar da fase defensiva para a fase ofensiva. Temos de abrir processos contra o Hamas e as organizações palestinas por causa do antissemitismo e da incitação ao terror. A Autoridade Palestiniana educa ao terror e paga terroristas, e temos que saber como combater isso com as ferramentas adequadas", concluiu.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/israel/antissemitismo-aumentou-235-desde-o-inicio-da-guerra-israel-hamas-diz-relatorio.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Top 10

top1
1. Adoracao

Quezia dos Santos

top2
2. Eucleia Feliciano

Eucieia Feliciano

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

top6
6. Deus de Promessas

Davi Sacer

top7
7. Caminho no Deserto

Soraya Moraes

top8
8.

Midian Lima

top9
9. Lugar Secreto

Gabriela Rocha

top10
10. A Vitória Chegou

Aurelina Dourado


Anunciantes